FÉLIX CHAVES
TUDO VALE A PENA, SE A ALMA NÃO É PEQUENA
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

ARREPENDIMENTO.
   Dizes não me gostar.
   Que posso ir,
   tudo me mandou levar.
   E na hora vais até sorrir.

   Mas quando o frio bater,
   lábios trêmulos, boca a secar.
   A vontade de  me ver
   contigo novamente, chegara.

   Pode ser tarde.
   E você não me encontrar.
   Então apaga essa luz,
   para ninguém te ver chorar.

   Na fumaça do cigarro,
   o olhar a me buscar.
   No copo da cerveja,
   com certeza, não vou estar.

   Pouco fizestes por nós,
   e nessa conta, o pouco é que mais conta.
   Então te abraças com a tristeza,
   a solidão já vai chegar

  
Felix Chaves
Enviado por Felix Chaves em 14/11/2017
Alterado em 14/11/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras