FÉLIX CHAVES
TUDO VALE A PENA, SE A ALMA NÃO É PEQUENA
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

TEMPO.
   Montado no lombo do tempo.
   Cavalo baio, me levando para o esquecimento, tornando-me desatento aos rancores e magoas recorrentes.
   Me leva sobre nuvens da insanidade, trafegando por entre verdades, obscuras, por tanta maldade.
   O tempo, esse cavalo forte que galopa sem cessar, lá  longe vejo uma luz final, que de esperar nunca que vinha.
   Continuo nessa trajetória, o vento corta minha face aumentando as cicatrizes, feitas de atos mal vividos, de camas repartidas e sentimentos contidos.
    E  horas seguem, sem o tic-tac, idas e vindas de um ponteiro imaginário.
    São apenas horas.
    São as horas de Deus, Amém.
Felix Chaves
Enviado por Felix Chaves em 06/03/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras