FÉLIX CHAVES
TUDO VALE A PENA, SE A ALMA NÃO É PEQUENA
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

...AGORA E NA HORA...
   Do meu leito , no escuro do  quarto, sinto sua presença. Tento abrir os olhos, mas como se as pálpebras estivessem presas a barras de chumbo, não consigo.  
    Percebo que aproxima, lentamente, sinto-te cada vez mais; calma como a acompanhar o ritmo de uma marcha fúnebre.
    Vejo seu aspecto indefenido. Um místico de luz
branca ofuscante, oscilante mas permanente.
   Sem medo falo:
   ___aproxima-te mais, senta ao meu lado .
   Respondes:
   ____acho que me antecipei um pouco na hora final. Se bem que o dia e mês se fazem certos.
   _____ja se faz tarde, retruco, pois as metas que estabeleci, se acham concluídas. E se não há mais objetivos a serem cumpridos, que se consuma o ato. Sempre disse  não temo-te. Fostes  um anjo do bem ao entender que eu deveria deixar um legado . Agora, és o carrasco com vestes negras, a ceifar essa velha árvore pela sua mais firme raiz, que contradisse os preceitos naturais e divinos, mesmo sendo má e envenenada vai deixar bons frutos.
    Mas chega,  executa sua sentença com golpe certeiro e sem retardo. Pois já se faz hora.
Felix Chaves
Enviado por Felix Chaves em 01/07/2019
Alterado em 02/07/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras